Recentes

V&A celebra Balenciaga

Cultura / Destaques / 13 Fevereiro, 2017

Ainda que ao longo da história da moda Cristóbal Balenciaga tenha sido, por diversas vezes, reverenciado, o seu nome chegou a ser ofuscado no cenário mundial. Todavia, “Balenciaga: Shaping Fashion”, patente no museu Victoria & Albert (V&A) a partir de 27 de maio de 2017, pretende mudar isso no ano em que a casa comemora o seu centenário.

«A alta-costura é como uma orquestra, cujo condutor é Balenciaga. Nós somos os músicos e seguimos a direção que ele nos dá», são palavras atribuídas a Christian Dior sobre o trabalho do espanhol Cristóbal Balenciaga.

Desvendando alguns detalhes sobre a exposição, a curadora Cassie Davies-Strodder adiantou ao The Guadian, que a «criatividade intransigente» de Balenciaga, enquadra o designer desaparecido em 1972 como padrinho revolucionário das peças de vanguarda que atualmente fazem manchetes nos portais da especialidade.

O recorde de exposições como “Savage Beauty”, a retrospetiva de Alexander McQueen no V&A, destacou o potencial da moda na atração de visitantes aos museus e, agora, para atrair um público mais jovem, movido pelo glamour, tendências e cultura pop, a primeira sala de “Balenciaga: Shaping Fashion” será intitulada “Front of House”. A secção vai destacar a experiência de fazer compras e usar Balenciaga durante o seu apogeu como a casa mais cara e exclusiva de Paris. Os fãs de detalhes serão saciados numa sala subsequente, através de uma nova tecnologia de raios x que vai mostrar os segredos das silhuetas complexas de Balenciaga.

Cristóbal Balenciaga tem hoje o seu legado nas mãos do georgiano Demna Gvasalia e, segundo os críticos, o designer tem estado à altura de tão exigente desafio, quer no pronto-a-vestir feminino, quer na moda homem.

A qualidade arquitetónica da alfaiataria de Cristóbal Balenciaga tem sido frequentemente revisitada por Gavsalia de forma respeitosa, ainda que audaz. O diretor criativo já reconstruiu, por exemplo, os casacos em forma de casulo rigorosamente elaborados por Balenciaga, transformados em casacos acolchoados, bombers e gabardines de ombros a descoberto – uma interpretação intrigante da silhueta cocoon que está no núcleo da contribuição única de Balenciaga para a história da moda.

A exposição “Balenciaga: Shaping Fashion” acontece ainda num momento significativo não apenas para a Balenciaga, mas também para o V&A, que terá em breve um novo diretor, Tristram Hunt.



Etiquetas: , , ,




Notícia Anterior

French chic descomplicado

Próxima Notícia

Moda nas ruas




Sugestões

French chic descomplicado

O estilo parisiense é reinterpretado por diferentes gerações de mulheres à escala global não só pela reconhecida classe,...

13 Fevereiro, 2017   
RECEBA A NEWSLETTER
Dos desfiles às tendências, designers e eventos, a fashionup.pt leva as últimas notícias da moda diretamente à sua caixa de correio.
Os seus dados não serão partilhados com terceiros.
GET THE NEWSLETTER
From runway shows to trends, designers and events, fashionup.pt takes the latest fashion news straight to your inbox.
Your information will not be shared with any third party.
CONTACT US
Please contact us with any editorial or advertising questions.
Thank You. We will contact you as soon as possible.
Contacte-nos
Para questões editoriais ou de publicidade, por favor contacte-nos.
Obrigado. Entraremos em contacto o mais breve possível.
RECEBA A NEWSLETTER
Dos desfiles às tendências, designers e eventos, a fashionup.pt leva as últimas notícias da moda diretamente à sua caixa de correio.
Os seus dados não serão partilhados com terceiros.