Recentes

Entre o palco e a passerelle

Desfiles / Destaques / 19 Fevereiro, 2016

NEW YORK, NY - FEBRUARY 12: Rihanna walks the runway at the FENTY PUMA by Rihanna AW16 Collection during Fall 2016 New York Fashion Week at 23 Wall Street on February 12, 2016 in New York City. (Photo by JP Yim/Getty Images for FENTY PUMA)

Eles cantam, dançam e contracenam. Às vezes desfilam e/ou deixam fotografar-se para campanhas. Nos EUA, as celebridades são, cada vez mais, um pacote completo. Fragmentam-se em áreas como a televisão e o cinema, mas, também, a moda. A mais recente edição da Semana de Moda de Nova Iorque provou que, nesta última, há quem singre e há quem “sangre”.

A semana de moda de Nova Iorque terminou ontem, 18 de fevereiro, e é já possível fazer um balanço no que à intervenção das celebridades no certame diz respeito: os rostos conhecidos por audiências e clubes de fãs não se limitam a contribuir para a banda sonora dos desfiles ou a marcar presença na primeira fila – eles participam no evento e no papel de designers.

Todavia, esta não é propriamente uma notícia, mas uma tendência, que tem vindo a acontecer há algumas estações.

A estrela do reality show “The Hills”, Lauren Conrad, já fez parte do calendário da #NYFW, tal como Avril Lavigne. A cantora Carrie Underwood apresentou a sua coleção de activewear naquela passerelle, bem como a tenista Serena Williams. Mary-Kate Olsen e Ashley Olsen fizeram a sua estreia há dez anos e, recentemente, Kanye West e Rihanna tomaram o evento de assalto.

Alguns tiveram mais sucesso do que outros.

Os exemplos mais marcantes – pela positiva – pertencem, de acordo com a Dazed, às gémeas Olsen e a Victoria Beckham – a longínqua ex-Spice (ver As metamorfoses de Victoria). Estas mulheres souberam conquistar o próprio espaço na passerelle da “Big Apple” e o respeito da indústria da moda, afastando-se gradualmente do seu estatuto de celebridade e aproximando-se do de designer – muitas vezes a ligação com os holofotes não se revela o melhor dos acessórios.

Do lado oposto do espectro está Kanye West, que tem vindo a ter sucesso no design de calçado desportivo – primeiro em colaboração com a Louis Vuitton, depois com a Nike e agora com a Adidas. O rapper aborda o pronto-a-vestir de uma forma audaciosa. Mostrou algumas coleções de womenswear durante a Semana de Moda de Paris desde 2011, mas não chegaram muito longe, com os críticos a apontarem-lhe falta de atenção no corte e na construção.

O mesmo tem acontecido na Adidas. West tem tido impacto com as vendas, mas ainda não teve o aceno da crítica. A sua linha Yeezy consistiu, de acordo com os insiders da indústria, em três coleções muito próximas de peças comerciais. Numa cidade como Nova Iorque, onde a moda comercial é a pedra angular da indústria, West vende, mas não é por causa das roupas.

E, neste território, Rihanna pontua. No final de 2014, a cantora dos Barbados anunciou que havia firmado parceria com a marca de sportswear Puma, detida pelo grupo Kering. À data, Rihanna lançou as sapatilhas-plataforma Creeper que esgotavam de imediato sempre que a Puma as voltava a colocar nas montras.

Esta temporada, a cantora pop estreou-se no vestuário com a Fenty Puma, num arranjo muito diferente dos encetados por West. Em vez de fazer campanha antes, durante e depois do desfile, Rihanna deixou que as roupas falassem e brilhassem sem a sua aparição junto dos media.

Referindo-se à coleção, a cantora disse apenas que havia gostado de «criar e expressar» o que acontece na sua cabeça «através de algo tangível e que as pessoas pudessem ver». Numa intervenção bem menos humilde, West terá dito à imprensa que fez «o impossível» e que venceu «o jogo da moda».

Além disso, resumiu a Dazed, em vez de fazer um desfile megalómano, com 1.200 extras e 2.000 pessoas na assistência, Rihanna focou-se na moda e nos 40 coordenados que desfilaram na passerelle.

 

 



Etiquetas: , , , ,




Notícia Anterior

T-shirt de expressão

Próxima Notícia

O tempo do Z




Sugestões

T-shirt de expressão

Ainda que seja um território em constante transformação – não fosse esta a verdadeira tela branca das tendências...

19 Fevereiro, 2016   
RECEBA A NEWSLETTER
Dos desfiles às tendências, designers e eventos, a fashionup.pt leva as últimas notícias da moda diretamente à sua caixa de correio.
Os seus dados não serão partilhados com terceiros.
GET THE NEWSLETTER
From runway shows to trends, designers and events, fashionup.pt takes the latest fashion news straight to your inbox.
Your information will not be shared with any third party.
CONTACT US
Please contact us with any editorial or advertising questions.
Thank You. We will contact you as soon as possible.
Contacte-nos
Para questões editoriais ou de publicidade, por favor contacte-nos.
Obrigado. Entraremos em contacto o mais breve possível.
RECEBA A NEWSLETTER
Dos desfiles às tendências, designers e eventos, a fashionup.pt leva as últimas notícias da moda diretamente à sua caixa de correio.
Os seus dados não serão partilhados com terceiros.