Recentes

Pronta para o inverno

Desfiles / 2 Abril, 2014

PF vestuário_02abril2014_Interior2_Cheyenne PF vestuário_02abril2014_Interior3_DielmarEclética, urbana, sofisticada ou ousada, a moda para o outono-inverno 2014/2015 proposta pelas marcas da indústria promete aquecer todos os consumidores.

Na sua estreia na passerelle do Portugal Fashion, a Ballentina apresentou uma coleção para uma mulher sofisticada, dominada pela combinação preto e branco, rosas e cinzas suaves, onde calças, saias e casacos estampados deram um toque de primavera à próxima estação fria.

Já a MDS misturou estilos, materiais e texturas, tanto nas propostas para homem como para senhora. As camisolas ganharam comprimento, para elas, as malhas grossas e os casacos tipo blusão dominaram as propostas para eles e o denim foi o denominador comum para ambos. «É uma coleção que segue a tendência do mix, misturando tudo, do mais clássico ao mais casual», explica Daniel Simões, diretor de marketing e, juntamente com Alexandrine Cadilhe, responsável pela definição da coleção.

Na Cheyenne, a PF vestuário_02abril2014_Interior1_Meam by Ricardo Pretocoleção dividiu-se entre o punk chique de skinny jeans, leggings e casacos de pelo e peças leves inspiradas nas paisagens campestres, com estampados all-over. Para homem, a marca renascida pelas mãos da Iodo Jeans privilegiou jeans lavados ou revestidos para criar visuais descontraídos.

Ao som de ópera, a Concreto by Hélder Baptista fez desfilar malhas tricotadas conjugadas com saias e calças estampadas, incluindo para eles, numa coleção inspirada «no brilho que rompe o negro das noites», enquanto a Lion of Porches conjugou o ADN da marca com as tendências emergentes nas propostas para senhora, homem e criança. «Embora tenhamos uma tendência clássica muito british, somos flexíveis às novas tendências, aos novos tecidos, às novas silhuetas», sublinha Natércia Margarido, responsável pela criação de senhora.

Já Ricardo Preto deu “movimento” à sua coleção para a Meam, com silhuetas esguias e discretas em fazendas de lã, algodão, seda e modal.

A Dielmar regressou à época dourada dos anos 60, com cortes elegantes em fatos e blazers, e a Vicri mostrou «o que seria o dandy na atualidade, desde aquele que se veste de forma mais formal ao que se veste mais no dia a dia», conclui Jorge Ferreira, diretor criativo da marca da Riopele.








Notícia Anterior

Brilho da juventude

Próxima Notícia

Com os pés na terra




Sugestões

Brilho da juventude

Entre estreias e “veteranos” do Bloom, os novos talentos da moda voltaram a brilhar na última edição do Portugal Fashion. Dando...

1 Abril, 2014   
RECEBA A NEWSLETTER
Dos desfiles às tendências, designers e eventos, a fashionup.pt leva as últimas notícias da moda diretamente à sua caixa de correio.
Os seus dados não serão partilhados com terceiros.
GET THE NEWSLETTER
From runway shows to trends, designers and events, fashionup.pt takes the latest fashion news straight to your inbox.
Your information will not be shared with any third party.
CONTACT US
Please contact us with any editorial or advertising questions.
Thank You. We will contact you as soon as possible.
Contacte-nos
Para questões editoriais ou de publicidade, por favor contacte-nos.
Obrigado. Entraremos em contacto o mais breve possível.
RECEBA A NEWSLETTER
Dos desfiles às tendências, designers e eventos, a fashionup.pt leva as últimas notícias da moda diretamente à sua caixa de correio.
Os seus dados não serão partilhados com terceiros.