Recentes

Paul Smith para millennials

Desfiles / Destaques / 24 Janeiro, 2017

paul-smith-fw17-interview-3Na mais recente edição da Pitti Uomo, em Florença, Paul Smith apresentou as últimas propostas da sua linha mais jovial e acessível, PS by Paul Smith, demonstrando que nem só de fatos vive o homem vestido por um alfaiate em constante evolução.

Conhecido pela sua alfaiataria irrepreensível, citada como referência por homens à escala global, Paul Smith traja cavalheiros com fatos repletos de detalhes – como impactantes contrastes da costura nas casas dos botões, botões coloridos, forros vibrantes e psicadélicos ou bolsos de lenço num tom contrastante.

Paul Smith, agora com 70 anos, gosta de sublinhar que, no início da carreira, adotou esta minúcia ímpar como estratégia de marketing. «Queria vender roupa e tinha de dar às pessoas uma razão para a comprarem», afirmou em declarações ao portal Bloomberg à margem do seu desfile na Pitti Uomo.

Contudo, o designer esclarece que as suas propostas não são um reduto do engravatado rebelde do escritório, enumerando os fatos discretos e clássicos que desenvolve para «a fraternidade bancária» de Londres, revelando que um dos pilares do seu negócio são os artigos básicos. Isto é, fatos que simplesmente são «bem-feitos, de boa qualidade, com um corte simples e tecidos interessantes, fáceis de usar».

paul-smith-fw17-interview-4Em todos estes anos dedicados ao menswear, Smith tem procurado garantir que a sua marca continua a expandir-se. Este objetivo materializou-se, por exemplo, no regresso do designer a Florença para a apresentação da PS by Paul Smith e no consequente relançamento da linha com um foco mais preciso.

Smith já não desfilava na Pitti Uomo há 23 anos, mas sentiu que o evento que se dedica à moda masculina há 45 anos seria a montra perfeita para apresentar a nova coleção – que traduziu as construções clássicas do designer para um vocabulário com o qual os jovens millennials se podem identificar.

Em Florença, Paul Smith encenou um desfile “acrobático” que exaltou algumas das qualidades das peças – impermeável, reversível, antirruga, refletora e repelente à água. George Michael, Prince e David Bowie serviram de banda sonora ao desfile e estiveram mais vivos do que nunca.

paul-smith-fw17-interview-5Num espaço iluminado por luzes cor-de-rosa, o alinhamento ofereceu peças confortáveis e pragmáticas, sempre com um toque de exuberância e ideais, por exemplo, para andar de bicicleta.

Paul Smith é o proprietário maioritário de uma empresa com tentáculos em 73 países e um volume de negócios anual estimado nos 300 milhões de dólares (aproximadamente 280 milhões de euros). Atualmente, a PS by Paul Smith tem já 11 pontos de venda, com novas lojas agendadas para 2017.

Para os insiders, ninguém usa um fato Paul Smith melhor do que o próprio. «O meu trabalho é usar coisas que reflitam a minha personalidade», resumiu a propósito.



Etiquetas: , ,




Notícia Anterior

Com os pés na Amazónia

Próxima Notícia

Primavera em andamento




Sugestões

Com os pés na Amazónia

Ainda que assine alguns dos pares de sapatilhas mais populares das últimas temporadas, faça a ponte Paris-Acre e mantenha...

24 Janeiro, 2017   
RECEBA A NEWSLETTER
Dos desfiles às tendências, designers e eventos, a fashionup.pt leva as últimas notícias da moda diretamente à sua caixa de correio.
Os seus dados não serão partilhados com terceiros.
GET THE NEWSLETTER
From runway shows to trends, designers and events, fashionup.pt takes the latest fashion news straight to your inbox.
Your information will not be shared with any third party.
CONTACT US
Please contact us with any editorial or advertising questions.
Thank You. We will contact you as soon as possible.
Contacte-nos
Para questões editoriais ou de publicidade, por favor contacte-nos.
Obrigado. Entraremos em contacto o mais breve possível.
RECEBA A NEWSLETTER
Dos desfiles às tendências, designers e eventos, a fashionup.pt leva as últimas notícias da moda diretamente à sua caixa de correio.
Os seus dados não serão partilhados com terceiros.