Recentes

Os opostos atraem-se no Met

Cultura / Destaques / 23 Fevereiro, 2016

CbQnSOYUYAALVa1 tumblr_o2lci5CbMS1qabbgwo1_500A próxima exposição do Met – e o tema da respetiva gala – explora a relação entre as mãos (manus) e a máquina (machina). Até aqui encarados como polos opostos, o fabrico artesanal e o intervencionado pelas tecnologias encontram-se na moda atual e aquele que é um dos eventos mais aguardados da indústria em 2016 mostra como das suas interseções surgem as mais belas peças de vestuário.

“Manus x Machina” chega ao Costume Institute no dia 5 de maio e estará patente até dia 14 de agosto, explorando o impacto da tecnologia – como a modelação assistida por computador, a impressão a três dimensões (3D), o corte a laser e outros métodos de fabricação com recurso às máquinas – na moda. Shohei Shigematsu, diretor do OMA New York, é o responsável pelo design da exposição, em colaboração com o departamento de design do museu.

“Manus x Machina” procura retratar como os designers de moda estão a recorrer aos avanços da tecnologia para desenvolverem quer peças de alta-costura, quer pronto-a-vestir avant-garde. No total estarão em exposição mais de 100 peças desde os anos 1880, num vestido de gala da Worth, até 2015, através de um fato Chanel.

«Tradicionalmente, a distinção entre alta-costura e pronto-a-vestir tinha por base o fabrico artesanal e o fabrico com recurso à maquinaria, mas recentemente esta distinção foi-se esbatendo à medida que as duas áreas abraçaram práticas e técnicas comuns», afirmou Andrew Bolton, curador do The Costume Institute à Dezeen. «Manus x Machina irá desafiar as convenções da dicotomia mãos/máquina e propor um novo paradigma para a idade da tecnologia», acrescentou Bolton.

A exposição vai abordar a fundação da alta-costura, no século XIX, quando a máquina de costura foi inventada, e a emergência de uma distinção entre as duas “ferramentas discordantes”, bem como questionar o significado da distinção de longa data entre a alta costura e o pronto-a-vestir. «A moda e a tecnologia estão inextricavelmente ligadas, agora mais do que nunca», advogou Thomas P Campbell, CEO e diretor do museu.

A exposição será encenada em duas áreas do museu. Na ala Robert Lehman, os visitantes poderão ver estudos de caso que contrapõem peças de alta-costura com pronto-a-vestir. Os elementos tradicionais da alta-costura, como o bordado, as penas, os plissados, as rendas e os trabalhos em couro, serão apresentados ao lado de peças que foram feitas com recurso a modelação assistida por computador, impressão 3D, corte a laser e outros métodos tecnologicamente avançados.

No Anna Wintour Costume Center as galerias recriam uma casa de moda tradicional, com ateliers de alfaiataria. Trabalhos de dezenas de designers vão estar em destaque na mostra, incluindo nomes como Christian Dior, Jean Paul Gaultier, Helmut Lang, Issey Miyake, Miuccia Prada e Yves Saint Laurent, entre muitos outros. A Apple e a Condé Nast são os principais patrocinadores da exposição.

«Tanto o processo automatizado como o artesanal necessitam de quantidades semelhantes de reflexão e experiência», sublinhou Jonathan Ive, responsável de design na Apple. «Há casos em que a tecnologia é otimizada, mas em última análise, é a quantidade de cuidado colocado no artesanato, seja ele feito à máquina ou à mão, que transforma materiais comuns em algo extraordinário», explicou.

A abertura da exposição será precedida, no dia 2 de maio, pela aguardada gala anual do Costume Institute. Ive vai juntar-se então a Taylor Swift, Idris Elba e Anna Wintour como co-chair da gala (ver Mãos versus Máquina).

 



Etiquetas: , , ,




Notícia Anterior

Florescer em Londres

Próxima Notícia

Ato de rebeldia




Sugestões

Florescer em Londres

Arrancou sexta-feira, 19 de fevereiro, o calendário de desfiles londrino de pronto-a-vestir para o outono-inverno 2016/2017,...

22 Fevereiro, 2016   
RECEBA A NEWSLETTER
Dos desfiles às tendências, designers e eventos, a fashionup.pt leva as últimas notícias da moda diretamente à sua caixa de correio.
Os seus dados não serão partilhados com terceiros.
GET THE NEWSLETTER
From runway shows to trends, designers and events, fashionup.pt takes the latest fashion news straight to your inbox.
Your information will not be shared with any third party.
CONTACT US
Please contact us with any editorial or advertising questions.
Thank You. We will contact you as soon as possible.
Contacte-nos
Para questões editoriais ou de publicidade, por favor contacte-nos.
Obrigado. Entraremos em contacto o mais breve possível.
RECEBA A NEWSLETTER
Dos desfiles às tendências, designers e eventos, a fashionup.pt leva as últimas notícias da moda diretamente à sua caixa de correio.
Os seus dados não serão partilhados com terceiros.