Recentes

O top 5 das prateleiras de moda

Cultura / Destaques / 30 Outubro, 2015

bottega-veneta-01.nocrop.w1800.h1330.2x-1024x768transferirA lista de leitura deste outono cresce com a publicação de cinco novos livros de moda que contam, entre as suas páginas, histórias de designers, marcas e fotógrafos. Do trabalho de Irving Penn à narrativa em torno das colaborações na moda, o The New York Times selecionou as melhores companhias para os serões da estação fria. A par da tradicional chávena de chá.

 

“Irving Penn: Beyond Beauty”

A primeira retrospetiva do trabalho do fotógrafo desaparecido em 2009 abre portas este mês de outubro no Smithsonian American Art Museum, em Washington DC, onde estará patente até março, antes de partir numa turné nacional. A monografia que acompanha a mostra – que inclui um ensaio da curadora Merry A. Foresta – proporciona um olhar aprofundado sobre a extensão do trabalho do fotógrafo. O livro agrega toda a informação sobre Irving Penn, desde uma imagem da Chanel de 1926 até close-ups de cigarros em decomposição. Conhecido pelo seu contributo para a revista Vogue, o volume “Irving Penn: Beyond Beauty” vai todavia muito além do óbvio, mostrando a alargada obra do fotógrafo em retratos de Le Corbusier e Truman Capote ou fotografias das ruas de Nova Iorque e Filadélfia.

 

“The Belgians: An Unexpected Fashion Story”

Editado pelo curador Didier Vervaeren, a obra traça a emergência da moda belga enquanto fenómeno internacional, da Maison Norine (pioneira do avant-garde belga e agora esquecida) a Martin Margiela, passando pelo contributo de Raf Simons. Preenchido por icónicas fotografias de passerelle, o livro presta particular atenção ao legado subversivo dos Antwerp Six, que compreendiam Walter van Beirendonck, Ann Demeulemeester, Dries van Noten, Dirk Van Saene, Dirk Bikkembergs e Marina Yee, e enaltece a influência da sua noção de género e abordagem de inspiração punk à moda.

 

“Bottega Veneta: Art of Collaboration”

Desde 2002, o diretor criativo da Bottega Veneta, Tomas Maier, tem colaborado com diferentes artistas para as campanhas de moda da marca a cada estação. Agora, o livro “Bottega Veneta: Art of Collaboration” permite um olhar detalhado para esse notável portefólio, construído nos últimos 14 anos. A par dos contributos de nomes bem conhecidos da indústria da moda, como Annie Leibovitz ou Steven Meisel, surgem colaborações inesperadas, como aquelas firmadas por Maier com Nan Goldin, Larry Sultan, Tina Barney, Philip-Lorca diCorcia ou Alex Prager. «Gosto de ver como é que a Bottega Veneta existe no mundo real, uma vez que as bolsas e as roupas acabam por ser parte da vida de alguém», explicou Maier à T Magazine. «E, ver as campanhas, permite-me perceber isto, porque as imagens têm narrativas e cenários que vão além da tradicional imagem de moda», acrescentou.

 

“Philip Treacy: Hat Designer”philip-treacy-06

«Muitas pessoas ganham confiança num chapéu. Os chapéus conferem poder», defende o designer Philip Treacy.

Com trabalhos editoriais de lendários fotógrafos de moda, que incluem os nomes de Helmut Newton, Richard Avedon ou Herb Ritts, a luxuosa monografia celebra as criações mais fantásticas, inovadores e icónicas de Treacy, de que são exemplo os trabalhos para a passerelle de Alexander McQueen, para completar o estilo único de Isabella Blow, o elenco mágico de “Harry Potter” ou o glamouroso de “Sex and the City”.

 

“Art and Fashion: Collaborations and Connections Between Icons”

Na última década, as colaborações entre designers de moda e artistas têm vindo a aumentar exponencialmente, em quantidade e qualidade. Do trabalho de Takashi Murakami com a Louis Vuitton às parcerias de Damien Hirst com Alexander McQueen e de Jeff Koons com Stella McCartney, o volume “Art and Fashion” examina historicamente os meandros desta relação ao viajar por 25 colaborações.

«As colaborações são arriscadas. Envolvem egos e podem por vezes tender a aproximar-se de desastrosos trabalhos de grupo», considera a historiadora de moda E.P. Cutler, coautora do livro. «Mas quando a criatividade fala a mesma língua, o resultado não é apenas verdadeiramente apelativo, mas também entusiasmante e genuinamente inspirador», conclui Cutler.

 



Etiquetas: , , ,




Notícia Anterior

Um país chamado Japão

Próxima Notícia

Habitat natural




Sugestões

Um país chamado Japão

A contribuição nipónica para a indústria da moda tem vindo a expandir-se com firmeza e graciosidade, financeira e culturalmente....

30 Outubro, 2015   
RECEBA A NEWSLETTER
Dos desfiles às tendências, designers e eventos, a fashionup.pt leva as últimas notícias da moda diretamente à sua caixa de correio.
Os seus dados não serão partilhados com terceiros.
GET THE NEWSLETTER
From runway shows to trends, designers and events, fashionup.pt takes the latest fashion news straight to your inbox.
Your information will not be shared with any third party.
CONTACT US
Please contact us with any editorial or advertising questions.
Thank You. We will contact you as soon as possible.
Contacte-nos
Para questões editoriais ou de publicidade, por favor contacte-nos.
Obrigado. Entraremos em contacto o mais breve possível.
RECEBA A NEWSLETTER
Dos desfiles às tendências, designers e eventos, a fashionup.pt leva as últimas notícias da moda diretamente à sua caixa de correio.
Os seus dados não serão partilhados com terceiros.