Recentes

Luxo com retorno

Destaques / Marcas / 1 Fevereiro, 2016

Goyard-Saigon-PM-Baghermes-birkinEsqueçam-se as ações, o ouro, ou os imóveis. Há acessórios de luxo que se apresentam melhor investimento. As bolsas, consideradas as melhores amigas das mulheres, podem ser, também, o melhor destino para poupanças entre os 1.200 e os 60 mil dólares (aproximadamente entre os 1.100 e os 54 mil euros).

Depois da Hermès Birkin ter sido considerada o melhor investimento financeiro a longo prazo (Uma bolsa que vale ouro), o portal da especialidade Fashionista reuniu as cinco bolsas icónicas que valem tanto quanto custam, desvalorizando muito pouco com o passar dos anos.

Verdadeiros clássicos do guarda-roupa feminino e um depósito com retorno.

Os principais jogadores deste segmento fizeram o seu trabalho de casa com tanto esmero, que não só conseguem pedir 1.100 euros – ou 54 mil euros no caso de um exemplar novo de uma Hèrmes Birkin – como ainda motivam uma lista de espera – por vezes de anos – em torno da sua aquisição.

Mas não é fácil. Marcas como Coach, Michael Kors e Tory Burch foram obrigadas a baixar os preços dos seus exemplares recentemente e a Mulberry inaugurou vários trimestres consecutivos de queda nas vendas, depois do aumento dos preços das suas bolsas – alienando, assim, os clientes existentes – em 2013.

No entanto, algumas casas de luxo conseguiram encontrar a fórmula certa, conjugando marketing, design clássico e exclusividade para produzirem bolsas que têm resistido ao desgaste do tempo, tanto em termos de valor estético como monetário.

Comprar uma bolsa Chanel ou Goyard e vendê-la uns anos depois não trará, certamente, grande lucro, mas se a sua portadora a estimar, poderá recuperar a maior parte do investimento.Louis-Vuitton-Neverfull-2013-Campaign-Images

O Fashionista fez uma pesquisa em três websites proeminentes de venda à consignação destes acessórios de luxo – o The RealReal, o Tradesy e o Poshmark –, nos quais as bolsas tiveram, de forma consistente, o valor mais alto de revenda ao longo dos anos.

Ao invés de bolsas do momento, ou “It bags”, como os exemplares da Mansur Gavriel (ver As intermitências da Mansur Gavriel), o portal concentrou-se nos clássicos que são vendidos há anos e que continuam a inspirar as amantes fervorosas dos acessórios de luxo.

Os resultados foram mais ou menos unânimes. «Hermès, Chanel e Goyard mantêm o seu valor», referiu um representante do Tradesy. «Devido à elevada procura por estilos novos, clássicos, de edição limitada e até mesmo vintage, os vendedores podem realmente ganhar mais do que o preço de retalho que pagaram por estas marcas», acrescentou.

De acordo com um representante do website The RealReal, que exaustivamente autentica as bolsas que revende, a Louis Vuitton Neverfull pode revender por cerca de 84% do valor original, enquanto uma bolsa Chanel Boy pode ter um retorno de 82%. A estas duas juntam-se depois a Chanel Classic Flap, a Goyard St. Louis e, claro, a Hermès Birkin.

 

 



Etiquetas: , , ,




Notícia Anterior

Diz-me com quem andas

Próxima Notícia

Goucam soma e segue




Sugestões

Diz-me com quem andas

Em 2016, as parcerias de moda já não se limitam a coleções cápsula fruto de ligações entre marcas do luxo e atores...

1 Fevereiro, 2016   
RECEBA A NEWSLETTER
Dos desfiles às tendências, designers e eventos, a fashionup.pt leva as últimas notícias da moda diretamente à sua caixa de correio.
Os seus dados não serão partilhados com terceiros.
GET THE NEWSLETTER
From runway shows to trends, designers and events, fashionup.pt takes the latest fashion news straight to your inbox.
Your information will not be shared with any third party.
CONTACT US
Please contact us with any editorial or advertising questions.
Thank You. We will contact you as soon as possible.
Contacte-nos
Para questões editoriais ou de publicidade, por favor contacte-nos.
Obrigado. Entraremos em contacto o mais breve possível.
RECEBA A NEWSLETTER
Dos desfiles às tendências, designers e eventos, a fashionup.pt leva as últimas notícias da moda diretamente à sua caixa de correio.
Os seus dados não serão partilhados com terceiros.