Recentes

Inverno acaba em Paris

Destaques / Tendências / 22 Março, 2017

Entre o intemporal couro preto e as riscas, Paris decidiu iluminar o outono-inverno 2017/2018 e os metalizados cruzaram a passerelle da Cidade-luz. Do forte apelo cénico da Off-White – que convidou a comunidade moda internacional a perder-se numa floresta –, à inigualável criatividade de Karl Lagerfeld – que desta vez fez “descolar” a coleção da Chanel –, o calendário voltou a destacar-se pela teatralidade.

Ficaram entregues a Paris as chaves do outono-inverno 2017/2018, com a temporada de moda internacional a fechar as portas na Cidade-Luz. O calendário parisiense terminou a 8 de março com a extravagância da Louis Vuitton no museu do Louvre e já se começam a alinhar as tendências-chave da edição.

Eis a seleção do portal de moda Fashionista.

Metalizados

Pausando o dourado, o outono-inverno fica nas mãos do prateado. O brilho metálico foi explorado nas coleções de marcas como Chanel, Nehera, Lemaire, Off-White, Balenciaga e Lutz Huelle. No entanto, a tendência não foi um exclusivo de Paris e, ao longo da temporada de moda, várias foram as casas a explorar o brilho da prata.

Capas

O clássico está de volta. As capas – trabalhadas em diferentes silhuetas, texturas e cores – dominaram as passerelles da Alexis Mabille, Koche, Liselore Frowijn, Veronique Branquinho e Chloé e assumiram-se como a tendência de outerwear vencedora de Paris.

Riscas

Uma Wang, Acne Studios, Melitta Baumeister, Issey Miyake e Rundholz alinharam as suas propostas com um dos mais revisitados padrões das últimas estações, provando que as riscas continuam a ser uma aposta segura nos guarda-roupas femininos, independentemente da estação.

Braços cobertos

Na próxima estação fria, de acordo com as coleções de marcas como Nina Ricci, Haider Ackermann, Carven, YProject e Dries Van Noten, os casacos de pelo vão sofrer uma atualização. Os pelos ficam circunscritos aos braços, que ganham volume e dramatismo. Milão começou a tendência, depois continuada por Paris.

Princesas

Zuhair Murad, Lanvin, Rodarte, Rochas e Alessandra Rich apostaram em silhuetas e paletas de cor leves e românticas, ideais para princesas urbanas.

Couro

Conhecida pela forte aposta em tons escuros – dentro dos quais o preto se destaca –, a passerelle de Paris soube manter-se fiel às origens graças aos casacos de couro. Stella McCartney, Akris, Mugler, Balenciaga e Alexander McQueen substituíram o Little Black Dress por blusões de couro preto em silhuetas oversized.

Cabeças com vida

Vivienne Westwood, Saint Laurent, Maison Margiela, Jacquemus e Undercover encaminharam para a passerelle modelos com acessórios para a cabeça, arrojados e de grandes dimensões.



Etiquetas: , ,




Notícia Anterior

40 edições e quatro dias de Portugal Fashion

Próxima Notícia

ModaLisboa sem fronteiras




Sugestões

40 edições e quatro dias de Portugal Fashion

Depois de acumular milhas nas rotas que o levaram a Nova Iorque, Londres, Milão e Paris, o Portugal Fashion aterra no seu país...

21 Março, 2017   
RECEBA A NEWSLETTER
Dos desfiles às tendências, designers e eventos, a fashionup.pt leva as últimas notícias da moda diretamente à sua caixa de correio.
Os seus dados não serão partilhados com terceiros.
GET THE NEWSLETTER
From runway shows to trends, designers and events, fashionup.pt takes the latest fashion news straight to your inbox.
Your information will not be shared with any third party.
CONTACT US
Please contact us with any editorial or advertising questions.
Thank You. We will contact you as soon as possible.
Contacte-nos
Para questões editoriais ou de publicidade, por favor contacte-nos.
Obrigado. Entraremos em contacto o mais breve possível.
RECEBA A NEWSLETTER
Dos desfiles às tendências, designers e eventos, a fashionup.pt leva as últimas notícias da moda diretamente à sua caixa de correio.
Os seus dados não serão partilhados com terceiros.