Recentes

Guia para os saldos

Destaques / Tendências / 30 Dezembro, 2015

images (3)

Com o arranque oficial dos saldos de inverno, importa saber quais as tendências de 2015 que devem ser levadas para o guarda-roupa de 2016. A chave, dizem os entendidos, é saber resistir aos preços baixos e à tentação de comprar aquela peça da estação pela qual se apaixonou, apostando em peças-chave cujo prazo de validade se estende para lá das 12 badaladas.

 

Muitas das inspirações que marcaram as passerelles dedicadas à primavera-verão 2016 – roupas que chegam às lojas em fevereiro – podem ser encontradas nas prateleiras do retalho durante esta época de saldos, sendo que o ideal é fazer uma lista que sirva de guia entre os despojos, sugere o The Guardian.

 

Adeus, slogans

As peças com slogans devem ficar nas lojas. Ainda que o apelo seja imediato, nada é tão depressa ultrapassado como as roupas com frases, palavras ou, claro, datas.

 

Chloe Show Ready to Wear Collection Spring Summer 2016 in ParisOlá, ombros

Um dos efeitos colaterais mais vantajoso da velocidade atual do ciclo de tendências prende-se com o facto de muitas das peças que agora estão em saldo terem chegado às lojas há poucas semanas. Neste território são incluídas tendências como as peças “cold shoulder”, isto é, itens como blusas e vestidos que deixam os ombros a descoberto. Estas peças marcaram a última temporada, mas transitam para a próxima estação, tendo sido vistas nas passerelles de marcas como a Chloé, Ralph Lauren e Versace.

 

Distância dos brilhos

Muito populares durante esta quadra, os brilhos – lantejoulas, sobretudo – são para evitar durante os saldos. Não são práticos, não são propriamente uma novidade e o mais provável, caso se queiram endereçar à noite da passagem de ano, é alguém já ter comprado uma peça igual.

 

Aproximação dos geeks e do pós-normal

A tendência “glam geek” inspirada simultaneamente pelo universo do cineasta Wes Anderson e pelo diretor criativo da Gucci, Alessandro Michele (ver O retro saiu à rua), dominou a última temporada de moda e não perde o vigor na próxima estação – não só pelo contributo das coleções de primavera-verão, mas também pela mão das coleções pré-outono/inverno, que voltaram a beber inspiração no código-fonte geek em looks metade “biblioteca” e metade “disco”.

 

De acordo com o The Guardian, o primeiro termo de estilo de 2016 será “pós-normal”. Este dá corpo a coordenados de base simples, ou seja “normais”, com um “twist”, que pode ser nas mangas de uma camisola de malha básica ou nas franjas de uma blusa do quotidiano.

 



Etiquetas: , ,




Notícia Anterior

Estilo jornalístico

Próxima Notícia

12 badaladas




Sugestões

Estilo jornalístico

Poucos seriam capazes de associar um filme que narra a história da conquista de um prémio Pulitzer – ganho pelo Boston...

30 Dezembro, 2015   
RECEBA A NEWSLETTER
Dos desfiles às tendências, designers e eventos, a fashionup.pt leva as últimas notícias da moda diretamente à sua caixa de correio.
Os seus dados não serão partilhados com terceiros.
GET THE NEWSLETTER
From runway shows to trends, designers and events, fashionup.pt takes the latest fashion news straight to your inbox.
Your information will not be shared with any third party.
CONTACT US
Please contact us with any editorial or advertising questions.
Thank You. We will contact you as soon as possible.
Contacte-nos
Para questões editoriais ou de publicidade, por favor contacte-nos.
Obrigado. Entraremos em contacto o mais breve possível.
RECEBA A NEWSLETTER
Dos desfiles às tendências, designers e eventos, a fashionup.pt leva as últimas notícias da moda diretamente à sua caixa de correio.
Os seus dados não serão partilhados com terceiros.