Recentes

Especiarias têxteis

Cultura / Destaques / 21 Dezembro, 2015

2015HV4936 2015HV5005A Índia molda, há vários séculos, o comércio global dos têxteis, graças à exportação de tecidos e padrões que continuam a definir a identidade do país na atualidade e a mantê-lo vivo na memória coletiva.

O contributo da índia para a indústria têxtil – alvo de revisão desde outubro na exposição “The Fabric of India” (ver Rota das Índias), patente no museu Victoria & Albert em Londres, que viaja por mais de 6000 anos de história e termina já a 10 de janeiro – é objeto de análise pelo portal de tendências WGSN, que destaca as principais valências desse contributo do país dos marajás e dos seus habilidosos artesãos em técnicas como tecer, tingir, estampar e bordar.

 

Tecelagem

Embora muitas áreas tenham as suas próprias tradições de tecelagem, o estado de Gujarate continua a ser o centro da inovação ao produzir uma vasta gama de tecidos, que vai do veludo e sedas aos jacquards estampados, a partir dos teares mais simples até aos mais complexos.

fabric-of-india-va-2

Tingimento

O estado do Rajastão tem as suas próprias técnicas de tingimento, semelhantes à shibori no Japão ou às pelangi e tritik na Indonésia. O leheriya – frequentemente usado em turbantes e saris – é um tipo tradicional de tingimento que resulta em tecidos coloridos com padrões diferenciados. A técnica é designada segundo o termo local para “onda”, uma vez que é usada para produzir padrões de ondas complexas. Corantes naturais, brilhantes e duradouros, auxiliados pelo uso de mordentes e químicos, distinguem a perícia e a herança têxtil da Índia.

 

Estampados

Associada às regiões do norte e oeste da Índia, a estamparia com blocos de madeira é a técnica mais popular na produção de têxteis inspirados na natureza. Artesãos verdadeiramente habilidosos recorrem a blocos de madeira com intrincadas gravuras de motivos decorativos, incluindo folhas e flores, e transferem esses florais repetidos quer para vestuário, quer para tecidos de decoração.

 

Bordados

A mestria dos bordados indianos é reconhecida à escala global e popular entre os designers em busca de velocidade e consistência artesanal. Os estilos regionais têm sido desenvolvidos ao longo dos séculos, recorrendo a uma enorme variedade de pontos e materiais, desde o padrão paisley em dourado aos motivos florais metálicos – padrões ornamentados que decoram saris e lehengas (vestuário feminino indiano tradicional). A mais fina forma de bordado, designada Ari, remonta ao século XII e continua a ser popular entre os consumidores europeus.

 

 



Etiquetas: , ,




Notícia Anterior

Compras exclusivas

Próxima Notícia

A futurologia da moda




Sugestões

Compras exclusivas

Prestes a comemorar três anos de existência, a scar-id brinda com os seus designers e apresenta, em janeiro, uma coleção...

18 Dezembro, 2015   
RECEBA A NEWSLETTER
Dos desfiles às tendências, designers e eventos, a fashionup.pt leva as últimas notícias da moda diretamente à sua caixa de correio.
Os seus dados não serão partilhados com terceiros.
GET THE NEWSLETTER
From runway shows to trends, designers and events, fashionup.pt takes the latest fashion news straight to your inbox.
Your information will not be shared with any third party.
CONTACT US
Please contact us with any editorial or advertising questions.
Thank You. We will contact you as soon as possible.
Contacte-nos
Para questões editoriais ou de publicidade, por favor contacte-nos.
Obrigado. Entraremos em contacto o mais breve possível.
RECEBA A NEWSLETTER
Dos desfiles às tendências, designers e eventos, a fashionup.pt leva as últimas notícias da moda diretamente à sua caixa de correio.
Os seus dados não serão partilhados com terceiros.