Recentes

Diz-me com quem andas

Destaques / Tendências / 1 Fevereiro, 2016

maxresdefault Net-A-Porter-site Em 2016, as parcerias de moda já não se limitam a coleções cápsula fruto de ligações entre marcas do luxo e atores do segmento fast fashion e vão mais longe, chegando mesmo ao espaço.

As colaborações são o “novo preto” da moda, de acordo com uma análise do jornal The Guardian, que começa por focar a mais recente investida no turismo espacial.

A Virgin Galactic, a nova versão da malograda SpaceShipTwo, vai reerguer o projeto de turismo espacial do milionário britânico Richard Branson, que já alistou o designer japonês Yohji Yamamoto e respetiva gama Y-3, fruto da parceria com a Adidas, para desenvolver o equipamento exclusivo para as viagens da nave (ver Adidas no espaço).

Ainda que esta ligação se possa figurar como verdadeiramente inovadora, este género de colaborações não é incomum e representa mais do que um golpe de marketing inteligente. As empresas, normalmente aquelas com considerável impacto social, amplificam-no ao estabelecerem parcerias entre si.

A economia on-demand (ou economia de partilha, onde todos os serviços estão à distância de um clique) obriga os consumidores a olharem para as colaborações de moda para lá das coleções cápsula e parcerias de design de produto.

Face a clientes cada vez mais exigentes que procuram um serviço imediato, personalizado e intuitivo, a parceria apresenta-se como a melhor alternativa para os atores da indústria moda.

A fim de poderem oferecer experiências omnicanal simplificadas e eficientes, estes têm procurado parceiros com os quais possam colaborar em toda a cadeia de aprovisionamento – desde a produção até ao ponto de venda.

Hoje, a competitividade das empresas depende diretamente das colaborações. E as marcas inteligentes sabem-no.

sb2A Tesla Motors deu acesso livre às suas patentes de baterias. Já a marca de outdoor Patagonia decidiu divulgar a fórmula do fato Yulex a toda a indústria do surf.

A lógica que estimulou estes movimentos foi a de servir melhor os clientes, mas também a de alcançar um mercado mais vasto.

Quando o volume de produção aumenta, os preços diminuem e mais consumidores optam por conduzir um Tesla ou comprar um fato de mergulho Yulex.

As marcas de beleza Julep e Glossier cresceram rapidamente ao acompanharem de perto os seus clientes. Tão perto que os produtos que estão a criar são informados por comentários deixados nos blogs e no Instagram.

A retalhista de luxo online Farfetch mantém próximas as 300 boutiques e monomarcas de topo que oferece na sua plataforma (ver Historial de luxo). E o mais recente empreendimento da start up fundada pelo empresário português José Neves consiste na alimentação de sites de comércio eletrónico para diversas marcas (ver Farfetch encurta distâncias).

A revista Harper’s Bazaar adotou uma estratégia semelhante, proporcionando opções de compra direta no site ShopBazaar, transformando-se, efetivamente, num canal de distribuição.

A The Edit da Net-a-Porter e a The Window da Barney’s seguiram na direção oposta e criaram publicações impressas para os itens que podem ser encontrados nas suas lojas online e offline.

Ao que tudo indica, cada vez mais marcas e publicações de moda vão adotar abordagens semelhantes, oferecendo uma conexão imediata e sem atrito entre os consumidores e os produtos que estes cobiçam.



Etiquetas: , ,




Notícia Anterior

J. W. Anderson entre páginas

Próxima Notícia

Luxo com retorno




Sugestões

J. W. Anderson entre páginas

O designer irlandês, em parceria com o aclamado editor espanhol Luis Venegas, apresentou a semana passada o livro “The...

1 Fevereiro, 2016   
RECEBA A NEWSLETTER
Dos desfiles às tendências, designers e eventos, a fashionup.pt leva as últimas notícias da moda diretamente à sua caixa de correio.
Os seus dados não serão partilhados com terceiros.
GET THE NEWSLETTER
From runway shows to trends, designers and events, fashionup.pt takes the latest fashion news straight to your inbox.
Your information will not be shared with any third party.
CONTACT US
Please contact us with any editorial or advertising questions.
Thank You. We will contact you as soon as possible.
Contacte-nos
Para questões editoriais ou de publicidade, por favor contacte-nos.
Obrigado. Entraremos em contacto o mais breve possível.
RECEBA A NEWSLETTER
Dos desfiles às tendências, designers e eventos, a fashionup.pt leva as últimas notícias da moda diretamente à sua caixa de correio.
Os seus dados não serão partilhados com terceiros.