Recentes

Denim a gosto

Destaques / Tendências / 17 Junho, 2016

Denim1Denim3Os esboços, cartoons, grafitis ou slogans não são propriamente uma novidade no campo da customização do denim mas, em 2016, o que era um exclusivo de criativos, passou a conviver com as massas. A personalização faz agora parte da oferta das marcas e o DIY é uma tarefa que se delega a designers.

A geração Z – nascida depois de 1995 –, à medida que vai crescendo, em idade e poder de compra, é a que atualmente concentra todas as atenções dos retalhistas e marcas.

Amantes da tecnologia e defensores da autossuficiência e independência, estes jovens valorizam, mais do que qualquer outra geração, a personalização (ver Individualismo ao quadrado), analisa portal de tendências WGSN.

Na opinião de Ruth Bernstein da Ad Age, «as marcas que oferecem produtos e uma experiência que ajudam os elementos da geração Z a definirem e expressarem a sua individualidade e estilo de vida vão ter sucesso junto deste grupo» (ver À conquista da geração Z).

Apesar de os verdadeiros entusiastas do denim defenderem que já se assistiu a todos os géneros de personalização possível, a tendência/arte está, mais do que nunca, nas ruas – e nas montras – em 2016 (ver Ano novo, novo denim).

A ideia de se voltar contra a norma pela adição de apontamentos e slogans inspirados pela rebelião parece a forma mais fácil dos movimentos contracorrentes atuais e de eras passadas fazerem uma declaração ousada através das roupas – e o denim tem sido uma tela perfeita, resistindo ao passar dos anos.

Denim6Denim7A Complex Magazine batizou mesmo este renovado interesse como a “tendência mais barata” no que ao sangue azul da moda diz respeito. Esta vaga continua a ganhar força entre as várias marcas e designers, que decidiram pegar no conceito DIY (Do It Yourself – Faça Você Mesmo) e emprestaram-lhe uma etiqueta.

Raised by Champions (Nova Iorque), C2H4 (Los Angeles), Eris Black (Espanha), Hi Mum I’m Dead (Austrália) e, claro, Kanye West com a The Life of Pablo e respetivos blusões de ganga com costas com vida (Nova Iorque e Los Angeles) são algumas das marcas a considerar quando o assunto é denim com assinatura.

Ainda assim, a customização do denim não se esgota nas mãos de designers e o retalho tem vindo a oferecer serviços semelhantes.

A customização é já efetivamente uma tendência-chave no retalho (ver O futuro dos grandes armazéns), que regista uma procura crescente por remendos, logótipos e pins para personalizar peças.

Os retalhistas de denim reconheceram também a importância deste tipo serviço, como é o caso do Le Bon Marché. Os grandes armazéns juntaram-se à marca parisiense Notify e disponibilizam atualmente uma área de customização dentro do seu espaço para que os clientes possam imprimir nos jeans parte da própria história de vida (ver Retalho em perspetiva).



Etiquetas: , ,




Notícia Anterior

A moda vai vulgar

Próxima Notícia

Papua, a poliglota




Sugestões

A moda vai vulgar

Com abertura agendada para 13 outubro, em Londres, a exposição “The Vulgar: Fashion Redefined” procura dissecar a vulgaridade...

17 Junho, 2016   
RECEBA A NEWSLETTER
Dos desfiles às tendências, designers e eventos, a fashionup.pt leva as últimas notícias da moda diretamente à sua caixa de correio.
Os seus dados não serão partilhados com terceiros.
GET THE NEWSLETTER
From runway shows to trends, designers and events, fashionup.pt takes the latest fashion news straight to your inbox.
Your information will not be shared with any third party.
CONTACT US
Please contact us with any editorial or advertising questions.
Thank You. We will contact you as soon as possible.
Contacte-nos
Para questões editoriais ou de publicidade, por favor contacte-nos.
Obrigado. Entraremos em contacto o mais breve possível.
RECEBA A NEWSLETTER
Dos desfiles às tendências, designers e eventos, a fashionup.pt leva as últimas notícias da moda diretamente à sua caixa de correio.
Os seus dados não serão partilhados com terceiros.