Recentes

Boas-novas de Nova Iorque

Desfiles / Destaques / 20 Fevereiro, 2017

No calendário marcado pela estreia de Raf Simons na Calvin Klein e pelo regresso (e promoção) da dupla Laura Kim e Fernando Garcia na casa Oscar de la Renta houve ainda espaço para o desfile 360 graus – primeiramente num painel LED e depois na passerelle – da Season 5 da Yeezy, para a análise muito própria de Marc Jacobs ao nascimento do hip hop e para a explosão de tendências como o veludo em muitos dos alinhamentos dedicados à próxima estação fria.

A passerelle da Big Apple dedicada ao outono-inverno 2017/2018 no pronto-a-vestir feminino encerrava um dos desfiles mais aguardadas da estação: a estreia do novo diretor criativo de Calvin Klein, Raf Simons, que aconteceu a 10 de fevereiro e mostrou a coleção mais americana da semana de moda de Nova Iorque.

O que Simons apresentou no alinhamento foi a sua visão da América – mas não apenas da América de Nova Iorque ou da América atual. A coleção reuniu várias referências, abordando tanto as fronteiras rurais dos EUA como as suas cidades, todas sintetizadas em algo novo. O novo diretor criativo da Calvin Klein explicou à Quartz que a coleção «reflete o ambiente. Todas essas pessoas diferentes com estilos diferentes e códigos de indumentária. É o futuro, o passado, o Art Deco, a cidade, o Oeste americano…todas essas coisas e nenhuma. Não é uma era, nem uma coisa, nem um look. É a união de diferentes personagens e indivíduos, assim como a própria América». Na roupa, essas ideias materializaram-se em camisas de cowboy, parkas que podem ser encontradas em todas as cidades frias do país e muita alfaiataria urbana com linhas clean. O denim foi, também, a chave dos looks, posicionando a Calvin Klein como parte integrante da cultura pop americana. Os remendos no denim, por exemplo, aludiram à famosa publicidade da Calvin Kelin nos anos 1980, com a então adolescente Brooke Shields.

Laura Kim e Fernando Garcia revelaram também a sua primeira coleção para a Oscar de la Renta, enquanto novos diretores criativos da casa, nesta edição da semana de moda de Nova Iorque, sendo que a abordagem fresca ao design não deixou de respeitar o inestimável legado do fundador. O desfile começou com as propostas da Monse, marca jovem criada pela dupla, que brindou a assistência com uma paleta de cores rica em branco, preto e cinza. Os detalhes desconstruídos, que de resto são já a assinatura da Monse, estavam presentes nos folhos ​​e nos recortes nos ombros em blusas e casacos. Entretanto, os neutros deram lugar a uma profusão de vermelhos, amarelos cítricos e azuis, que pintaram veludos e sedas, e a padrões psicadélicos em lantejoulas.

O desfile transitou depois para as propostas da dupla de designers para a Oscar de la Renta, numa estreia que correspondeu às expectativas. Kim e Garcia não reinventaram a roda, mas assumiram a mulher Oscar de la Renta numa silhueta mais leve e fresca, em vestidos bordados abalonadas com pormenores de brilho.

No dia 16 de fevereiro, o Pier 59, em Nova Iorque, serviu de morada a um desfile com um formato bastante tradicional – que ao contrário do que era habitual começou a horas –, mas os looks foram mostrados em 360 graus, primeiramente num painel LED e, depois, na passerelle. Para a 5.ª temporada da Yeezy, fruto da parceria de Kanye West com a Adidas, o rapper voltou a surpreender com o casting – uma das modelos usou hijab durante o desfile, sendo que, entre os destaques da coleção, esteve o denim. Desta vez, numa linha estética também diferente das estações anteriores, West deixou o logotipo da Adidas a descoberto. As três riscas pontuaram peças oversized e conjuntos em vinho e vermelho com ombros estruturados e, claro, as populares botas over-the-knee da marca.

Com lugar também no mesmo dia, a cultura negra esteve de regresso à coleção de Marc Jacobs. Intitulada “Respect”, a mostra retraçou o nascimento do hip hop.

Em silêncio total, sem qualquer banda sonora, as modelos desfilaram entre duas fileiras de cadeiras e as silhuetas lembraram o estilo de Dapper Dan. Nas décadas de 1980 e 1990, o designer teve uma loja no bairro que recebia os maiores nomes do rap e do hip hop de então, todos ávidos por adquirir uma das peças de Jacobs, que misturavam elementos clássicos – como o vison, tons terrenos, xadrez e píton – com o streetwear.

Veludo, de novo

As passerelles de marcas como Self-Portrait, Tibi e Dion Lee, Caroline Herrera, Derek Lam e Jason Wu foram algumas das que brindaram ao material rico, que teve diferentes expressões e somou pontos em casacos, saias e vestidos.

Faroeste

As botas de cowboy com biqueiras, as camisas com colarinho e lapelas de tons contrastantes, os blusões couro, os cintos de fivelas e as calças que remetiam ao outfit dos cowboys dominaram as passerelles de Adam Selman, Calvin Klein e Alexander Wang.

Alfaiataria reinventada

Tailleurs de tweed, fatos clássicos e outros conjuntos de alfaiataria mais reveladores, com fendas, recortes e até mesmo com tops tipo segunda pele fizeram com que a alfaiataria e a sensualidade se encontrassem em Nova Iorque.

Tricot com um twist

Ralph Lauren e Tory Burch foram duas das marcas que brindaram ao tricot nesta temporada de desfiles, reinventando-o com brilhos inesperados ou com pontos largos, capazes de oferecer novas formas a peças clássicas. Aproximando-se de redes e rendas ou totalmente reto e a definir a silhueta, o tricot foi uma das mais fortes tendências da passerelle da Big Apple.

Capuchinho vermelho

Em versões ao estilo da realeza ou como complemento da alfaiataria, as capas parecem ser as aliadas perfeitas para combater as baixas temperaturas características da estação fria. O alinhamento de marcas como Michael Kors e Delpozo sugeriu capas clássicas mas, também, futuristas.



Etiquetas: , , ,




Notícia Anterior

A mão de Dalí na moda

Próxima Notícia

Sonae quer o segundo lugar




Sugestões

A mão de Dalí na moda

Dos chapéus em forma de sapato aos vestidos com lagostas, a exposição “Imagination and Daring: Dalí and Schiaparelli”...

20 Fevereiro, 2017   
RECEBA A NEWSLETTER
Dos desfiles às tendências, designers e eventos, a fashionup.pt leva as últimas notícias da moda diretamente à sua caixa de correio.
Os seus dados não serão partilhados com terceiros.
GET THE NEWSLETTER
From runway shows to trends, designers and events, fashionup.pt takes the latest fashion news straight to your inbox.
Your information will not be shared with any third party.
CONTACT US
Please contact us with any editorial or advertising questions.
Thank You. We will contact you as soon as possible.
Contacte-nos
Para questões editoriais ou de publicidade, por favor contacte-nos.
Obrigado. Entraremos em contacto o mais breve possível.
RECEBA A NEWSLETTER
Dos desfiles às tendências, designers e eventos, a fashionup.pt leva as últimas notícias da moda diretamente à sua caixa de correio.
Os seus dados não serão partilhados com terceiros.