Recentes

Ato de rebeldia

Destaques / Tendências / 23 Fevereiro, 2016

rihanna_puma_fenty_130216_1 32-Rag-and-Bone-Fall-Winter-2016

Lacoste Fashion Show, Ready to Wear Collection Fall Winter 2016 in New York

De acordo com os sumários da semana de moda de Nova Iorque, a ala feminina vai provar a rebeldia no próximo outono-inverno, com doses redobradas de silhuetas oversized, carapuços, grunge e PVC. As sweatshirts folgadas no desfile de Rihanna ou os estampados com motivos de marijuana na passerelle de Alexander Wang mostram que o comboio das “bad girls” segue a todo o vapor e, ao que tudo indica, a locomotiva é propriedade da subversiva Vêtements.

Foi Rihanna quem, aparentemente, inaugurou a passerelle pensada para um guarda-roupa de uma mulher rebelde e com muito pouco de princesa – através da sua estreia no território do vestuário, fruto da parceria firmada entre a cantora e a Puma na linha Fenty.

Para o outono-inverno 2016/2017, a cantora mostrou uma procissão de modelos em coordenados de um streetwear taciturno, uma espécie de “athleisure para a família Adams”, de acordo com o jornal The Guardian.

Entretanto, Alexander Wang (pós-Balenciaga), já reconhecido pelo seu contributo na cena do streetwear de luxo, puxou pela rebeldia. A sua coleção apresentada na igreja St. Bartholomew foi o mais profana possível. As modelos desfilaram com cabelo tingido e collants e gorros com referências à vida nos estabelecimentos prisionais e a clubes de strip – que completavam coordenados estampados com motivos de folhas de marijuana.

O designer afirmou ter sido inspirado por uma imagem dos anos 1990 de uma montra da Hot Topic – uma cadeia que vende merchandising alternativo para adolescentes.

Não obstante, esta não é uma tendência da passerelle nova-iorquina. A chave dos guarda-roupas rebeldes pertence à passerelle parisiense e a marca de culto Vêtements tem honras de citação. A insígnia é desenhada por um coletivo que inclui Demna Gvasalia, atual diretor criativo da Balenciaga

Na última temporada, a Vêtements trocou a passerelle de um castelo do século XIX (localização standard para o desfile na Cidade Luz) por um restaurante chinês em Belleville (ver Em nome do anonimato).

As peças encapuzadas com slogans, o PVC e as cores ácidas marcaram as propostas para a primavera-verão 2016 e ainda que estas sejam reminiscências dos anos 1990 e respetiva cena grunge, pareceram verdadeiramente autênticas na Vêtements – tão autênticas que a marca está a transformar-se numa referência de culto.

De volta a Nova Iorque, uma coleção forte da Rag & Bone incluiu calças de fato-de-treino e malhas oversized.

Mesmo na Lacoste, onde as referências citadas por Felipe Oliveira Baptista foram os coordenados da equipa de esqui francesa do final dos anos 1960, houve detalhes como carapuços, ponchos de PVC, calças de fato-de-treino, etc.

Os desfiles vão continuar em Londres, Milão e Paris, pelo que ainda há muito por revelar. Ainda assim, no arranque do calendário internacional de moda feminina para o outono-inverno 2016/2017, a vibração da Vêtements fez-se sentir e o rumo da moda parece estar a mudar.

 



Etiquetas: , , ,




Notícia Anterior

Os opostos atraem-se no Met

Próxima Notícia

Moda como escape




Sugestões

Os opostos atraem-se no Met

A próxima exposição do Met – e o tema da respetiva gala – explora a relação entre as mãos (manus) e a máquina...

23 Fevereiro, 2016   
RECEBA A NEWSLETTER
Dos desfiles às tendências, designers e eventos, a fashionup.pt leva as últimas notícias da moda diretamente à sua caixa de correio.
Os seus dados não serão partilhados com terceiros.
GET THE NEWSLETTER
From runway shows to trends, designers and events, fashionup.pt takes the latest fashion news straight to your inbox.
Your information will not be shared with any third party.
CONTACT US
Please contact us with any editorial or advertising questions.
Thank You. We will contact you as soon as possible.
Contacte-nos
Para questões editoriais ou de publicidade, por favor contacte-nos.
Obrigado. Entraremos em contacto o mais breve possível.
RECEBA A NEWSLETTER
Dos desfiles às tendências, designers e eventos, a fashionup.pt leva as últimas notícias da moda diretamente à sua caixa de correio.
Os seus dados não serão partilhados com terceiros.