Recentes

As interseções de Iris van Herpen

Cultura / Destaques / 4 Novembro, 2015

3052808-slide-s-5-iris-van-herpens-distinct-brand-of-fashion-alchemy 3052808-slide-s-9-iris-van-herpens-distinct-brand-of-fashion-alchemy iris-van-herpen-transforming-fashion-high-museum-of-art-designboom-03As criações da designer holandesa de 31 anos materializam uma fusão entre ciência, tecnologia e trabalho artesanal e resultam em peças únicas – caso do vestido impresso no corpo da atriz Gwendoline Christie durante o desfile da Semana de Moda de Paris. Agora, a exposição “Transforming Fashion”, que abre portas a 7 de novembro no High Museum, em Atlanta, EUA, explora oito anos de dualidades que elevam a moda à esfera da arte.

Com o auxílio da atriz conhecida pelo papel de Brienne of Tarth na série aclamada pela crítica “Game of Thrones”, o desfile de apresentação das propostas de Iris van Herpen para a primavera-verão 2016, em Paris, esteve capaz de caminhar no terreno da ficção científica. Gwendoline Christie centrou em si todas as objetivas quando surgiu numa mesa colocada no centro da passerelle da designer para que um vestido fosse impresso em 3D no seu corpo naquele exato momento.

Grande parte do que se sabe de Iris van Herpen encontra-se nesta interseção entre moda e tecnologia, a par de fusões de tecnologia e trabalho artesanal ou natureza e arquitetura.

Sarah Schleuning, curadora da exposição “Iris van Herpen: Transforming Fashion” acrescenta ainda outra dualidade no trabalho da designer: foco e extensão.

«Os seus interesses são singulares, mas ela tem uma grande visão do mundo», revelou a curadora à Fast Company. «Há esse balanço entre ter uma visão e voz singulares e, ao mesmo tempo, ser aberta sobre com quem quer colaborar e partilhar ideias. Não são as pessoas esperadas – são cientistas, fazedores, grandes pensadores em diversos campos», acrescentou.

Esta será a maior exposição sobre o trabalho de van Herpen nos EUA, abarcando toda a carreira da designer desde que lançou a sua marca em 2007 até à atualidade enquanto membro convidado da Chambre Syndicale de la Haute Couture de Paris.

Depois de ter estudado na prestigiada Artez Art Academy, van Herpen estagiou com Alexander McQueen, em Londres, onde foi introduzida ao intrincado trabalho manual que pode ser encontrado em quase todas as suas criações.

A sua primeira linha de alta-costura “Chemical Crows”, que chegou à passerelle durante a Amsterdam Fashion Week, em 2008, começou como uma experimentação de formas, usando um guarda-chuva partido. Na colaboração com o designer Jolan Van Der Wiel, em 2013, van Herpen desenvolveu a sua coleção a partir de ímãs. E, num outro desfile de 2013, este referente à apresentação da coleção “Voltage”, as experiências com a eletricidade tomaram conta da passerelle.

Cada uma das coleções da designer é nova, “fora da caixa” e inventiva e muitas exploram novos materiais, trabalhados com o conhecimento adquirido noutros campos. Mas todas se centram em temas como a natureza, possibilidades de futuro e emergência de tecnologias.

«A sua rede de colaborações e de pessoas com quem está conectada cresceram à escala global. Na sua primeira coleção [van Herpen] tem uma visão muito focada naquilo que quer criar – tudo engloba uma declaração coesa e sabe-se que é ela quem faz o trabalho… é muito sobre trabalho artesanal», considera Schleuning. «À medida que vai avançando começa a mostrar interesse em trabalhar com outras pessoas e em experimentar novas formas de criar, novos métodos, novas ideias e inspirações. E o seu trabalho cresce», termina a curadora.

A exposição “Iris Van Herpen: Transforming Fashion” está patente no High Museum of Art, em Atlanta, EUA, até ao dia 15 de maio de 2016, e agrega um total de 45 peças de 15 coleções de alta-costura da designer, acabando por traçar uma trajetória de constante superação.

 



Etiquetas: , , ,




Notícia Anterior

Literatura de bolsa

Próxima Notícia

Moda adaptada




Sugestões

Literatura de bolsa

A Louis Vuitton lembra Marilyn Monroe e a Gucci evoca o deus do vinho. A Dior perdeu-se entre dunas, a Coach lembrou os clubes...

4 Novembro, 2015   
RECEBA A NEWSLETTER
Dos desfiles às tendências, designers e eventos, a fashionup.pt leva as últimas notícias da moda diretamente à sua caixa de correio.
Os seus dados não serão partilhados com terceiros.
GET THE NEWSLETTER
From runway shows to trends, designers and events, fashionup.pt takes the latest fashion news straight to your inbox.
Your information will not be shared with any third party.
CONTACT US
Please contact us with any editorial or advertising questions.
Thank You. We will contact you as soon as possible.
Contacte-nos
Para questões editoriais ou de publicidade, por favor contacte-nos.
Obrigado. Entraremos em contacto o mais breve possível.
RECEBA A NEWSLETTER
Dos desfiles às tendências, designers e eventos, a fashionup.pt leva as últimas notícias da moda diretamente à sua caixa de correio.
Os seus dados não serão partilhados com terceiros.