Recentes

As bizarrias do denim

Destaques / Tendências / 12 Junho, 2017

Dos jeans com fechos em locais inusitados aos jeans aparentemente lamacentos, sem esquecer os jeans-calção e os jeans-saia, 2017 está já a ser coroado pelos especialistas como o ano dos jeans bizarros e, provavelmente, o ano do denim viral.

Longe vão os dias em que o denim era um tecido reservado ao vestuário de trabalho. Hoje, o material intemporal e democrático integra as coleções das grandes casas de moda mundiais, mas também os lançamentos dos pesos-pesados do retalho, havendo propostas para todas as bolsas e gostos.

Procurando evitar a saturação do mercado, nas últimas estações, um conjunto de importantes inovações não só redefiniu, como conferiu novos contornos ao denim. Marcas mais visionárias como a Levi’s e a G-Star Raw, bem como propostas emergentes, de que são exemplo a AYR e a Öhlin/D, têm apresentado propostas mais “verdes” da verdadeira tela azul para o talento criativo, sugerindo coleções que orbitam os temas da reciclagem (ver Tela azul para a mudança) e dos wearables (ver O quotidiano do denim inteligente).

Mercado valioso

Nos EUA, o NPD Group estima que mais de 518 milhões de pares de jeans tenham sido comercializados em 2015, com vendas na ordem dos 13,1 mil milhões de dólares (aproximadamente 11,6 mil milhões de euros)

O denim premium é responsável por 26% do mercado, com empresas como Gap, LVMH, Levi Strauss, Citizens of Humanity, VF Corporation, Differential Brands e Naked & Famous Denim à procura de aumentarem a sua quota. Este mercado está, também, em alta, com previsões de que o denim premium assista a uma taxa de crescimento anual composta (CAGR) superior a 8% entre 2016 e 2020.

Denim avant-garde

Dentro do denim premium surgem, a cada nova estação, várias propostas avant-garde, que desde os anos 1990 têm revolucionado as silhuetas do tecido clássico para o adaptar aos tempos futuros.

Depois da febre dos patches e bagdes ter dominado 2016 (ver Denim a gosto), de acordo com o portal de tendências WGSN, 2017 está a ser o ano do denim bizarro, com marcas como a Vetements, Y/Project e Marques’Almeida na linha da frente das sugestões mais memoráveis – até à data.

A parceria da Vetements com a Levi’s, para a primavera-verão 2017, resultou numa coleção de jeans que nada tem de banal. Quando o coletivo disruptivo orquestrado por Demna Gvasalia decidiu partilhar, na sua conta oficial na rede social Instagram, uma fotografia de um dos modelos de jeans, de um momento para o outro os comentários dispararam. Os jeans custam 1.450 euros.

O modelo em questão tem vários fechos: nas pernas, em todo o comprimento, à frente, como é tradicional, mas – e está aqui o gatilho dos comentários – também tem um fecho atrás (nas nádegas).

Já para os dias imprevisíveis em termos de temperaturas, a Opening Ceremony sugeriu para esta primavera um coordenado híbrido que reuniu opiniões mistas entre os consumidores, que recorreram às redes sociais para expressá-las.

Com um preço de 405 euros, os jeans, com alguns cortes que deixam a pele à mostra, podem rapidamente transformar-se em calções curtos. O par permite separar os calções quando o calor aperta ou, simplesmente, quando a sua utilizadora se aborrece do look que escolheu pela manhã. Os “Detachable Cut-out Front Jeans” foram desenhos pela Y/Project e estão à venda online.

Não obstante, as propostas bizarras de denim não terminam por aqui e a Y/Project tem muitas outras propostas na coleção.

Já a plataforma de comércio eletrónico da Nordstrom colocou recentemente à venda um par de jeans aparentemente “enlameado”, com um preço de 414 euros. Para completar o look, há um blusão na mesma linha ou, como alternativa, uns jeans “com tinta”. A sugestão arrojada foi da PRPS e a sátira online não poupou a marca americana (ver Com os jeans na lama).

Há, ainda, a proposta de jeans com atacadores em todo o comprimento e, claro, bainha desfiada, da Marques’Almeida, os jeans do avesso da Unravel Project – já esgotados em plataformas como a Farfetch – ou a proposta híbrida (jeans e saia com folho) da Collina Strada, para «quando os jeans regulares não cumprem».



Etiquetas: , , ,




Notícia Anterior

Goucam reinventa-se

Próxima Notícia

Primavera de têxtil, design e moda




Sugestões

Goucam reinventa-se

A produtora de vestuário deu a volta à sua coleção e tem um visual mais fresco para seduzir novos clientes. Da mente...

9 Junho, 2017   
RECEBA A NEWSLETTER
Dos desfiles às tendências, designers e eventos, a fashionup.pt leva as últimas notícias da moda diretamente à sua caixa de correio.
Os seus dados não serão partilhados com terceiros.
GET THE NEWSLETTER
From runway shows to trends, designers and events, fashionup.pt takes the latest fashion news straight to your inbox.
Your information will not be shared with any third party.
CONTACT US
Please contact us with any editorial or advertising questions.
Thank You. We will contact you as soon as possible.
Contacte-nos
Para questões editoriais ou de publicidade, por favor contacte-nos.
Obrigado. Entraremos em contacto o mais breve possível.
RECEBA A NEWSLETTER
Dos desfiles às tendências, designers e eventos, a fashionup.pt leva as últimas notícias da moda diretamente à sua caixa de correio.
Os seus dados não serão partilhados com terceiros.