Recentes

Alta-costura para todos, já!

Designers / Destaques / 11 Julho, 2017

Na passada quarta-feira, durante a semana de alta-costura de Paris dedicada ao outono-inverno 2017/2018, Yuima Nakazato garantiu ter criado uma técnica digital capaz de revolucionar a moda. O vestuário customizado em larga escala irá, segundo o designer nipónico, democratizar o acesso à alta-costura – e procurou comprová-lo em passerelle.

«Podemos desenhar todo o tipo de vestuário e silhuetas com um fitting perfeito para o corpo do utilizador», afirmou Yuima Nakazato à AFP depois de mostrar a sua coleção de alta-costura digital, em Paris.

O visionário de 31 anos dedicou os últimos seis meses à exploração de uma nova técnica de confeção de vestuário a três dimensões (3D), recorrendo a materiais tradicionais como algodão, poliamida e lã.

Nakazato explicou que, no futuro, as roupas serão infinitamente adaptáveis «e acompanharão o crescimento do utilizador», sendo facilmente expansíveis e capazes de incorporar dispositivos wearable.

«Queremos criar um mundo no qual todos possam ter roupas feitas por medida», acrescentou o designer, que foi admitido como membro convidado do restrito clube da alta-costura parisiense no ano passado.

O vestuário por medida, em particular a alta-costura, estão fora do alcance da maioria, mas Yuima Nakazato destacou que, com a sua tecnologia, é capaz de conseguir apresentar esse tipo de peças a um preço ao alcance de todos.

«Acho que, no futuro, a customização em massa é possível», defendeu, porque a sua equipa havia retirado da equação «agulhas e fios». Nakazato explicou que a técnica de «têxtil construído em unidade» que desenvolveu no Japão em parceria com engenheiros, designers 3D e escultores «pode ajustar uma peça de vestuário para que esta se adeque exatamente à figura do utilizador». «Com este sistema, podemos construir todas as silhuetas imagináveis. É como criar uma peça de vestuário a partir de um padrão, mas ainda com maior flexibilidade», adiantou.

Roupas com fitting perfeito

Yuima Nakazato revelou ainda à AFP que os nove designs que apresentou na passerelle da alta-costura em Paris foram construídos com quadrados de tecido cortados digitalmente.

Nakazato apontou que a sua principal conquista foi encontrar uma forma de usar materiais comuns como algodão, poliamida e lã – difíceis de controlar na confeção digital. «Essa foi a parte mais difícil. Mas, no final, conseguimos», sublinhou.

Ainda que o jovem designer tenha admitido que o seu trabalho esteja numa fase experimental, insistiu que a «customização em massa é possível».

Por enquanto, a estética das suas criações digitais terão ainda um longo caminho a percorrer para atingir a perfeição da alta-costura clássica, admitiu. «Mas este é um projeto de longo prazo», concluiu.



Etiquetas: , ,




Notícia Anterior

Lion of Porches reforça Vasco da Gama

Próxima Notícia

As várias faces do retalho




Sugestões

Lion of Porches reforça Vasco da Gama

A marca portuguesa de inspiração britânica Lion of Porches inaugurou, no passado dia 23 de junho, uma loja no Centro Vasco...

10 Julho, 2017   
RECEBA A NEWSLETTER
Dos desfiles às tendências, designers e eventos, a fashionup.pt leva as últimas notícias da moda diretamente à sua caixa de correio.
Os seus dados não serão partilhados com terceiros.
GET THE NEWSLETTER
From runway shows to trends, designers and events, fashionup.pt takes the latest fashion news straight to your inbox.
Your information will not be shared with any third party.
CONTACT US
Please contact us with any editorial or advertising questions.
Thank You. We will contact you as soon as possible.
Contacte-nos
Para questões editoriais ou de publicidade, por favor contacte-nos.
Obrigado. Entraremos em contacto o mais breve possível.
RECEBA A NEWSLETTER
Dos desfiles às tendências, designers e eventos, a fashionup.pt leva as últimas notícias da moda diretamente à sua caixa de correio.
Os seus dados não serão partilhados com terceiros.