Recentes

Moda para comprar

Desfiles / 3 Outubro, 2012

NYFW pós_03outubro2012_Interior1_Lacoste NYFW pós_03outubro2012_Interior2_Michael KorsO Lincoln Center foi o epicentro das 300 apresentações e desfiles com as coleções mais desejáveis para a estação quente do próximo ano.

A primeira grande semana de moda é sempre um evento imperdível e faz já parte do carisma da cidade que nunca dorme, sendo considerada, por muitos, a “rainha” das passerelles. «Em Paris e Milão não vejo moda que as mulheres possam usar – vejo moda que é inspiradora ou criativa mas não são roupas que queira comprar», justifica Scott Stoddart, reitor da School of Liberal Arts no Fashion Institute of Technology. «Compramos moda não para que fique parada mas para ser usada. Os designers americanos têm realmente este equilíbrio», considera.

Uma opinião partilhada pela Balenciaga, que foi buscar Alexander Wang para liderar os destinos criativos da casa de moda do grupo PPR. Na passerelle em Nova Iorque, Wang mostrou a sua linha com looks futuristas, entre visuais monocromáticos com vestidos camiseiros justos e casacos de motoqueiro e vestidos com brilhos florescentes, que encerraram o desfile. «Uma coleção forte e urbana», resumiu Rajni Jacques, editor de moda na revista Glamour.

Desporto e diversão juntaram-se na coleção que Felipe Oliveira Baptista criou para a Lacoste, com os 80 anos da casa fundada por René Lacoste a serem revisitados numa «homenagem» ao fundador com «uma estética chique e gráfica». Os micro-padrões, com raquetes de ténis, por exemplo, foram um dos pontos fortes da coleção, com tons como laranja vivo e azul-escuro a colorirem as propostas para homem e senhora.NYFW pós_03outubro2012_Interior3_Jason WuNYFW pós_03outubro2012_Interior4_Oscar de la Renta

Num ano marcado pelo sucesso da trilogia erótica iniciada pelo livro “Cinquenta Sombras de Grey”, Jason Wu apresentou saias-lápis, vestidos com corpete e calções em couro de cintura alta, conjugados com luvas compridas e clutches em pele de leopardo, enquanto Marc Jacobs optou por visuais «muito brutos, muito sensuais, sem romance, sem emoção, apenas com poder real e força e simplicidade», como o próprio descreveu a coleção, onde pontuaram grafismos pop-art a fazer lembrar uma trip de LSD – não por acaso, Jacobs citou a musa de Andy Warhol e ícone dos anos 60, Edie Sedgwick, como inspiração.

Michael Kors trouxe o otimismo de volta a Nova Iorque, com cores fortes como azuis, verdes e vermelhos: «tons ousados de sol, palmeiras e céu», como explicou o criador, talvez um reflexo do sucesso da sua entrada em bolsa em dezembro de 2011, que permitiu duplicar o valor da empresa.

Já Oscar de la Renta recebeu um dos elogios mais esperados pela coleção elegante e feminina composta por vestidos em tons pastel e bordados com contas. «Acho que está linda», exaltou Anna Wintour, editora da Vogue americana.








Notícia Anterior

A nova vida da Cheyenne

Próxima Notícia

Londres eleva fasquia




Sugestões

A nova vida da Cheyenne

A marca de jeanswear foi recuperada pela Iodo Jeans e preparar-se para abrir uma flagship em Lisboa no próximo ano. A...

2 Outubro, 2012   
RECEBA A NEWSLETTER
Dos desfiles às tendências, designers e eventos, a fashionup.pt leva as últimas notícias da moda diretamente à sua caixa de correio.
Os seus dados não serão partilhados com terceiros.
GET THE NEWSLETTER
From runway shows to trends, designers and events, fashionup.pt takes the latest fashion news straight to your inbox.
Your information will not be shared with any third party.
CONTACT US
Please contact us with any editorial or advertising questions.
Thank You. We will contact you as soon as possible.
Contacte-nos
Para questões editoriais ou de publicidade, por favor contacte-nos.
Obrigado. Entraremos em contacto o mais breve possível.
RECEBA A NEWSLETTER
Dos desfiles às tendências, designers e eventos, a fashionup.pt leva as últimas notícias da moda diretamente à sua caixa de correio.
Os seus dados não serão partilhados com terceiros.